Ok
Notícias
Cristãos devem envolver-se na política como forma de amar o próximo, ensina teólogo

O renomado teólogo Timothy Keller escreveu um editorial para o The New York Times sobre as posições cristãs históricas em questões sociais controversas, argumentando que elas não se encaixam no sistema político dividido entre o que seria a “direita” e a “esquerda”, nos Estados Unidos identificados com os partidos Republicano e Democrata. Mas sua análise não está presa a realidade apenas de seu país.

Keller, autor de vários best-sellers e fundador da Igreja Presbiteriana Redentor, em Nova York, fez uma abordagem cristã das questões debatidas constantemente hoje em dia sobre as quais a Bíblia já tratava milhares de anos atrás.

“Por exemplo, seguindo tanto a Bíblia quanto a Igreja Primitiva, os cristãos devem estar comprometidos com a justiça racial e os pobres, mas também com a compreensão de que o sexo é apenas para o casamento e para a manutenção da família. Uma dessas visões parece liberal e a outra parece opressivamente conservadora. As posições cristãs históricas sobre questões sociais não se encaixam aos alinhamentos políticos contemporâneos”, avaliou.

Keller salientou que isso não significa que os cristãos devam deixar de posicionar-se em questões importantes, observando que, no século XIX, as igrejas que não reprovavam a escravidão estavam, consequentemente, apoiando essa prática.

“A Bíblia mostra crentes como detentores de cargos importantes em governos pagãos – lembre de José e Daniel no Antigo Testamento. Os cristãos deveriam se envolver na política como uma forma de amar ao próximo, acreditem eles ou não. Trabalhar por melhores escolas públicas ou por um sistema de justiça que não seja contra os pobres ou para acabar com o racismo requer engajamento político. Os cristãos fizeram essas coisas no passado e devem continuar a fazê-lo”, pediu.

 

Está gostando desse conteúdo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Fique atualizado! Cadastre para receber livros, CDs e revistas promocionais.

Uma boa parte do texto de Keller foi defendendo a necessidade do envolvimento político dos cristãos, mas não necessariamente partidário. “Os cristãos acabam empurrados para duas opções principais. Uma é ignorar tudo e tentar ser apolítico. A segunda é assimilar e adotar integralmente o pacote inteiro de um só candidato para conquistar seu lugar à mesa. Bem, nenhuma dessas opções é válida”, garante.

O pastor argumenta que, embora os crentes possam ser ativos na política, “não deveriam associar a Igreja ou a fé cristã com um partido político sendo cristão”. Sua preocupação é que isso poderia legitimar os argumentos dos críticos que acusam os líderes que tentam usar a religião como um meio para a busca do poder.

“Outra razão para não alinhar a fé cristã com um partido específico é que a maioria das posições políticas não são questões de ordenamento bíblico, mas de sabedoria prática. Isso não significa que a igreja nunca possa falar sobre realidades sociais, econômicas e políticas, porque a Bíblia frequentemente fala delas”, destaca.

Em seguida deu alguns exemplos: “o racismo é um pecado que viola o mandamento de Jesus para “amar o próximo”. Os mandamentos bíblicos para ajudar os pobres e defender os direitos dos oprimidos são imperativos morais para os crentes”. Seu argumento principal parece ser que “Para os cristãos, denunciar as violações flagrantes desses requisitos morais não é opcional, mas uma obrigação”.

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/cristaos-devem-entrar-na-politica-para-amar-o-proximo-ensina-teologo/


Qual sua opinião sobre esta noticia?
Deixe seu Comentário abaixo:
(*)Campos obrigatórios, e-mail e telefone não serão publicados)
Notícias de Líderes
Pastora Bianca Toledo
Pastor Benny Hinn
Pastor Carvalho Junior
Pastor Yossef Akiva
Pastor Paulo Marcelo
Pastor Aluizio Silva
Pastor Reuel Pereira Feitosa
Pastor Samuel Camara
Bispa Cléo Ribeiro Rossafa
Pastora Joyce Meyer
Apóstolo Valdemiro Santiago
Bispa Sonia Hernandes
Pastor Abílio Santana
Bispa Ingrid Duque
Pastor Reuel Bernardino
Missionário David Miranda
Pastora Sarah Sheeva
Pastor Jorge Linhares
Apóstolo Agenor Duque
Pastor Julio Ribeiro
Pastor Gilvan Rodrigues
Pastor Marco Feliciano
Pastor Hidekazu Takayama
Bispo Rodovalho
Apóstolo Estevam Hernandes
Apóstolo Renê Terra Nova
Pastor Lucinho
Pastor Gilmar Santos
Pastor Samuel Mariano
Pastor Claudio Duarte
Pastor Márcio Valadão
Pastor Adão Santos
Pastor Oseias Gomes
Pastor Cesino Bernardino
Apóstolo César Augusto
Bispa Lucia Rodovalho
Pastor Silas Malafaia
Pastor Samuel Ferreira
Pastor Billy Graham
Missionário RR Soares
Pastora Helena Tannure
Pastor Adeildo Costa
Pastor Josué Gonçalves
Pastor Geziel Gomes
Pastor Elson de Assis
Pastor José Wellington Bezerra da Costa

O Seminário Gospel oferece cursos livres de confissão religiosa cristã que são totalmente à distância, você estuda em casa, são livres de heresias e doutrinas antibiblicas, sem vinculo com o MEC, são monitorados por Igrejas, Pastores e Teólogos de Grandes Ministérios totalmente baseado na Santa Palavra de Deus, ao final você recebe DOCUMENTAÇÃO INTERNACIONAL valida no âmbito religioso.

Notícias de Cantores
Cantor Irmão Lázaro
Cantora Shirley Carvalhaes
Cantora Lea Mendonça
Cantora Ludmila Ferber
Cantora Elaine de Jesus
Cantora Nivea Soares
Cantora Mara Lima
Cantora Cassiane
Voz da Verdade
Cantora Bruna Karla
Cantor Regis Danese
Cantora Eyshila
Cantora Lauriete
Cantora Cristina Mel
Cantor Mattos Nascimento
Cantora Damares
Cantor Kleber Lucas
Cantora Rose Nascimento
Cantora Aline Barros
Banda Oficina G3
Ministério Diante do Trono
Ministério Renascer Praise
Cantor Davi Sacer
Cantor Marquinhos Gomes
Cantora Ana Paula Valadão
Cantora Alda Célia
Cantora Karen Martins
Cantor Fernandinho
Cantora Fernanda Brum
Cantor André Valadão
Cantora Andrea Fontes