Ok
Notícias
Eleições 2018: Campanha do PT vê onda evangélica contra Haddad e foca no eleitor mais pobre

A campanha de Fernando Haddad (PT) avalia que uma onda de voto evangélico se concretizou contra o petista e que o candidato precisa reforçar o canal direto com o eleitor mais pobre caso queira revertê-la e chegar ao segundo turno.

Em reunião nesta terça-feira (2), em São Paulo, integrantes da campanha do PT ao Planalto se debruçaram sobre pesquisas —inclusive as encomendadas pelo próprio partido— e identificaram um crescimento do apoio a Jair Bolsonaro (PSL), principalmente entre eleitoras mulheres, pobres e evangélicas, que ganham até dois salários mínimos.

Os resultados alarmaram o QG petista, que passou a temer uma vitória do capitão reformado do Exército ainda no primeiro turno caso seu crescimento não seja estancado.

De acordo com o Datafolha divulgado nesta segunda, Bolsonaro subiu quatro pontos desde a semana passado e chegou a 32%, seguido por Haddad, que tinha 22% e agora aparece com 21%.

Em um eventual segundo turno, os dois estão tecnicamente empatados: Bolsonaro cresceu de 39% para 44% e Haddad oscilou de 45% para 42%. A rejeição do petista, porém, disparou de 32% para 41%, ante 45% do candidato do PSL.

Na avaliação de petistas, o último fim de semana de setembro marcou a entrada definitiva de líderes evangélicos na campanha presidencial, o que pode ter alimentado o sentimento anti-PT e as intenções de voto a favor de Bolsonaro.

No domingo (30), o bispo Edir Macedo, que comanda a Igreja Universal do Reino de Deus, declarou apoio ao capitão reformado. Nesta terça (2), foi a vez do presidente emérito da Assembleia de Deus – Ministério Belém, pastor José Wellington, anunciar voto em Bolsonaro.

Na opinião de auxiliares de Haddad, o movimento pode provocar um efeito cascata em outras denominações, que devem orientar o voto dos fiéis durante os cultos, por exemplo.

 

Está gostando desse conteúdo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Fique atualizado! Cadastre para receber livros, CDs e revistas promocionais.

Aliados, no entanto, afirmam que essa não é uma “batalha perdida” e que, até domingo (7) –data do primeiro turno–, Haddad precisa focar o eleitorado mais pobre, com um discurso firme sobre economia, para tentar retomar o voto que historicamente foi de apoio ao PT.

O desafio até lá é o mesmo: o candidato tem que se despir de seu discurso habitualmente empolado e professoral e falar de maneira mais assertiva, diretamente para o povo, o que não funcionou no debate da Record, no domingo (30), por exemplo.

O evento da Rede Globo, na quinta-feira (4), o último antes do primeiro turno, é considerado “decisivo” para Haddad. Assessores dizem que ele precisa alcançar esse eleitor mais pobre, que já votou no ex-presidente Lula mas que, desta vez, está na órbita de Bolsonaro —ou até mesmo ainda não sabe que é ele o candidato do PT.

A campanha petista teme que a tendência de queda entre o eleitorado mais pobre, somada ao crescente antipetismo, coloque mais combustível na sensação de que Bolsonaro pode vencer no primeiro turno, impulsionando o voto útil anti-PT.

Esses eleitores poderiam sair de Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), João Amoêdo (Novo), Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB), por exemplo, que, juntos, hoje somam cerca de 20%.

No campo mais à esquerda, Ciro Gomes (PDT) permanece com 11% no Datafolha e há quem acredite, dentro do PT, que pode haver na reta final um movimento de voto útil anti-Bolsonaro do ex-governador do Ceará para Haddad.

Os últimos levantamentos mostravam uma estabilidade do patamar de Bolsonaro, em torno de 28%, mas ele cresceu fora da margem de erro nos últimos dias, o que preocupou a equipe de Haddad. O petista, que por sua vez vinha crescendo, estacionou com 21%.

A avaliação da campanha do PT é que, além do voto da mulher pobre e evangélica, Bolsonaro avançou sobre a classe média anti-PT que antes estava declarando voto para Alckmin ou Marina.

Fonte: https://folhagospel.com/eleicoes-2018-campanha-do-pt-ve-onda-evangelica-contra-haddad-e-foca-no-eleitor-mais-pobre/


Qual sua opinião sobre esta noticia?
Deixe seu Comentário abaixo:
(*)Campos obrigatórios, e-mail e telefone não serão publicados)
Notícias de Líderes
Pastor Hidekazu Takayama
Pastor Yossef Akiva
Pastor Oseias Gomes
Pastor Silas Malafaia
Bispa Sonia Hernandes
Pastor Gilvan Rodrigues
Pastor Cesino Bernardino
Bispa Cléo Ribeiro Rossafa
Pastor Gilmar Santos
Pastor Abílio Santana
Pastor Billy Graham
Apóstolo César Augusto
Pastor Reuel Bernardino
Pastor Geziel Gomes
Pastor Samuel Ferreira
Pastor Elson de Assis
Missionário RR Soares
Pastor Claudio Duarte
Pastor Benny Hinn
Pastor Adeildo Costa
Pastor Josué Gonçalves
Pastora Sarah Sheeva
Missionário David Miranda
Pastor José Wellington Bezerra da Costa
Apóstolo Renê Terra Nova
Bispa Lucia Rodovalho
Pastor Aluizio Silva
Pastor Julio Ribeiro
Apóstolo Agenor Duque
Pastora Joyce Meyer
Pastor Paulo Marcelo
Pastor Carvalho Junior
Pastor Samuel Mariano
Pastor Márcio Valadão
Pastor Samuel Camara
Pastor Adão Santos
Bispa Ingrid Duque
Apóstolo Estevam Hernandes
Pastor Marco Feliciano
Apóstolo Valdemiro Santiago
Pastor Jorge Linhares
Pastor Lucinho
Bispo Rodovalho
Pastora Helena Tannure
Pastor Reuel Pereira Feitosa
Pastora Bianca Toledo

O Seminário Gospel oferece cursos livres de confissão religiosa cristã que são totalmente à distância, você estuda em casa, são livres de heresias e doutrinas antibiblicas, sem vinculo com o MEC, são monitorados por Igrejas, Pastores e Teólogos de Grandes Ministérios totalmente baseado na Santa Palavra de Deus, ao final você recebe DOCUMENTAÇÃO INTERNACIONAL valida no âmbito religioso.

Notícias de Cantores
Banda Oficina G3
Cantora Andrea Fontes
Cantora Ludmila Ferber
Cantora Lauriete
Cantor Regis Danese
Cantora Karen Martins
Cantora Elaine de Jesus
Cantor Kleber Lucas
Cantora Rose Nascimento
Cantora Lea Mendonça
Cantor Irmão Lázaro
Cantor Fernandinho
Ministério Renascer Praise
Ministério Diante do Trono
Cantora Ana Paula Valadão
Cantora Eyshila
Cantora Bruna Karla
Cantora Mara Lima
Cantora Nivea Soares
Cantora Shirley Carvalhaes
Cantor Mattos Nascimento
Cantora Cristina Mel
Cantor Marquinhos Gomes
Cantora Aline Barros
Cantor Davi Sacer
Voz da Verdade
Cantora Damares
Cantora Alda Célia
Cantora Cassiane
Cantora Fernanda Brum
Cantor André Valadão